O Chile ascendeu hoje, provisoriamente, ao quinto lugar da zona sul-americana de apuramento para o Mundial de futebol de 2022, ao vencer por 3-2 na Bolívia, no encontro inaugural da 16.ª jornada.

Em La Paz, mais de 3.500 metros acima do nível do mar, o avançado Alexis Sánchez exerceu o papel de líder da ‘roja’, na ausência de Arturo Vidal, e marcou dois golos, aos 14 e 86 minutos, pertencendo o outro a Marcelino Núñez, apontado aos 77.

Pela Bolívia, que podia ter ultrapassado os chilenos e subido, à condição, ao sexto posto, faturaram Marc Enoumba, aos 37 minutos, e Marcelo Moreno - que reforçou a liderança da lista dos marcadores, com 10 golos -, aos 88.

Na classificação, e após o primeiro jogo da antepenúltima ronda, Brasil (36 pontos) e Argentina (32) são os dois primeiros, seguem invictos e já se qualificaram, sendo seguidos, nos lugares de apuramento direto, por Equador (24) e Peru (20).

Abaixo do Chile (19 pontos), agora quinto, seguem Uruguai (19) e Colômbia (17) e, já praticamente fora da corrida, a Bolívia (15), o Paraguai (13) e a Venezuela (10).

Nos outros jogos de hoje da ronda 16, o Uruguai recebe a Venezuela, a Argentina é anfitriã da Colômbia, o Brasil joga em casa com o Paraguai e, a fechar, num embate que pode ser determinante para o apuramento, o Equador desloca-se ao Peru.

A zona sul-americana qualifica diretamente os quatro primeiros classificados, com o quinto a rumar a um ‘play-off’ intercontinental.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.