O Nantes venceu hoje por 3-1 o líder Paris Saint-Germain, para a 25.ª jornada da liga francesa de futebol, numa partida em que primou pela eficácia e que teve ainda o guarda-redes Alban Lafont em destaque.

Quatro dias após derrotar o Real Madrid (1-0), para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, o Paris Saint-Germain sentiu inesperadas dificuldades frente ao Nantes, que chegou ao intervalo no Estádio de La Beaujoire a vencer por 3-0.

Com o guarda-redes Alban Lafont intransponível entre os postes, o Nantes entrou a vencer com um golo de Randal Kolo Muani (1-0), aos quatro minutos, e dilatou a vantagem por Quentin Merlin (2-0), à passagem dos 16, para desespero do PSG.

No período de descontos da primeira parte, na conversão de uma grande penalidade assinalada após recurso ao VAR, o Nantes elevou para 3-0 por Ludovic Blas, aos 45+6 minutos, impondo ao PSG um resultado que não sofria há 12 anos na liga.

Na segunda parte, aos 47 minutos, o PSG reduziu para 3-1 pelo regressado à titularidade Neymar, após uma lesão que o afastou da equipa desde novembro de 2021, e aos 59 o brasileiro desperdiçou uma grande penalidade para fazer o 3-2.

O trio de ouro constituído por Lionel Messi, Kylian Mbappé e Neymar, substituído por Ángel Di Maria, aos 74 minutos, foi perdendo fulgor com o decorrer do encontro, em que acusou também algum nervosismo por não conseguir chegar ao golo.

O português Nuno Mendes foi suplente utilizado na equipa do Paris Saint-Germain, entrou aos 74 minutos, e o seu compatriota e colega de equipa Danilo Pereira não chegou a sair do banco.

O Paris Saint-Germain, que somou a segunda derrota na liga, segue na liderança, com 59 pontos, enquanto o Nantes ascendeu da 10.ª à quinta posição, embora que à condição, com 38 pontos, em igualdade pontual com o Lyon (sexto).

No outro encontro realizado hoje, Lens e Lyon empataram 1-1 e seguem na nona e sexta posição, respetivamente, com 37 e 38 pontos.

O Lens, com o português David Costa a sair do banco aos 72 minutos, chegou à vantagem por Jonathan Clauss (1-0), aos 13 minutos, mas o Lyon, do guarda-redes Anthony Lopes, empatou por Tinotenda Kadewere, aos 44 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.