Declarações de Rúben Dias, no final do empate 3-3 entre o Benfica e o Shakhtar Donetsk.

Análise ao jogo: "Acabámos por conseguir fazer um bom jogo. Não foi um grande jogo, porque não seguimos em frente. A equipa deu uma boa resposta para conseguir anular o Shakhtar, uma grande equipa. Mas o jogo decidiu-se na eficácia. Depois do 3-3 tivemos boas ocasiões, uma do Sefe, outra do Vinícius, não entrou. Ambas as equipas mostraram muita qualidade e muita vontade de passar.

Benfica a sofrer golos logo depois de marcar: "Não há nada para explicar. A seguir ao 3-1 tentámos manter um ritmo para defendermos melhor, mas infelizmente acabámos por sofrer os golos."

Desgaste na defesa: "Houve uma fase mais intensa, com muito jogo, aí sim, gerou-se algum desgaste, mas não pegaria pelo desgaste. Futebol é futebol, e o futebol é feito de jogadores a superarem os erros".

O Benfica empatou esta quinta-feira em casa com os ucranianos do Shakhtar Donetsk, por 3-3, em jogo da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, e foi eliminado da competição.

Depois da derrota na primeira mão (2-1), o Benfica adiantou-se no marcador com um golo de Pizzi, aos nove minutos, mas um autogolo de Rúben Dias (12) estabeleceu a igualdade, com o mesmo jogador a redimir-se e a colocar os ‘encarnados’ em vantagem ao intervalo.

Na segunda parte, Rafa aumentou a vantagem dos 'encarnados', aos 47, mas a equipa orientada por Luís Castro marcou dois golos, por Stepanenko (49) e Alan Patrick (71), garantindo o apuramento para os ‘oitavos’ da competição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.