Esta quinta-feira, o Sporting venceu o Qarabag por 6-1, em Baku, no Azerbeijão, em jogo a contar para a quinta jornada da Liga Europa. A vitória da equipa de Marcel Keizer valeu o apuramento para os 16 avos de final da competição. Bas Dost, Bruno Fernandes, Diaby e Nani apontaram os golos dos 'leões', enquanto Zoubir fez o tento dos azeri.

O jogo: Depois da tempestade veio a bonança... e chegou em força

Desde que Marcel Keizer chegou ao Sporting os 'leões' fizeram dois jogos... e duas goleadas. Depois da vitória por 4-1 frente ao Lusitano Vildemoinhos, a equipa de Alvalade mostrou que tem qualidade e goleou também o Qarabag por uns expressivos 6-1.

O jogo começou bem para o Sporting que marcou logo aos cinco minutos de jogo. A partir daí os 'leões' seguraram o domínio do jogo e não largaram mais. A equipa aproveitou bem as dificuldades do setor defensivo azeri e isso notou-se expressivamente no resultado do jogo.

A partida foi fácil para a equipa leonina e apenas um erro defensivo deu a hipótese do Qarabag chegar perto da baliza de Renan e consequentemente marcar. A partir daí, o Sporting abriu os olhos e como se diz em bom português foi "cada tiro cada melro".

O domínio do Sporting foi também visível na posse de bola, que ao segundo tempo já era bastante desequilibrada visto que a equipa da casa acusou a goleada e as dificuldades, se 'contentou' com o resultado e deixou de procurar lacunas da defesa leonina.

Resumindo e concluindo: o jogo foi tranquilo para o Sporting, com muitas facilidades, mas com bastante mérito da formação de Marcel Keizer que mostrou uma expressiva maturidade em comparação com aquela que era apresentada aquando do comando de José Peseiro.

O Sporting encontrou o caminho para o golo e promete dar que falar nesta Liga Europa e no campeonato nacional. Os 'leões' perceberam que os golos não saem integralmente das laterais e apostaram no jogo pelo meio, prova disso são os números: Em 60 minutos, a equipa fez apenas 3 cruzamentos, quando as médias por jogo com José Peseiro e Jorge Jesus eram de 15,3 e 17,3 respetivamente. Nessa altura, já venciam por 3-1.

Os melhores: Numa noite de brilho não faltaram estrelas leoninas

Com uma exibição de qualidade fica difícil apontar um homem do jogo, sendo por isso mais justo nomear os jogadores que mais se destacaram. Bruno Fernandes e Diaby foram os principais destaques por bisarem na partida. A eles juntam-se ainda Wendel, que assistiu três dos seis golos da equipa, e Nani, que ajudou na defesa, no ataque e onde mais precisassem dele.

Os piores: Um desastre azeri 

Do lado do Sporting, o jogador que menos se destacou foi Jefferson, mas mesmo assim teve mais peso que qualquer um dos jogadores azeri, à exceção apenas de Zoubir. Do lado do Qarabag, o destaque negativo vai para o guarda-redes Halldórsson, que além de sofrer seis golos, só fez a primeira defesa aos 72 minutos de jogo... um pouco tarde para alguém que na altura já perdia por 4-1. Mas a culpa não é apenas do guardião azeri, sendo que a linha defensiva do Qarabag composta por Guerrier, Sadiqov, MedvevedRashad Sadygov mostrou ser bastante frágil.

As reações:

Marcel Keizer: "Marcámos seis golos num jogo europeu, os jogadores estiveram muito bem"

Bruno Fernandes: "A final da Liga Europa não tem de ser um sonho, tem de ser um objetivo"

Gudelj: "Somos uma grande equipa que está a ganhar confiança e a jogar bom futebol"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.