Em vésperas de defrontar o Liverpool para a Liga dos Campeões, Julian Nagelsmann, atual treinador do Leipzig, recordou o interesse do Real Madrid na sua contratação, em 2018.

Em entrevista à BBC, o técnico admitiu que houve contactos dos madrilenos para a sua contratação há três anos, mas que o seu plano de carreira falou mais alto.

"É importante ter um plano de carreira, tomar os passos certos. É verdade que recebi uma chamada do Real Madrid. Não fui o único a que eles ligaram. Queriam falar comigo e conhecer-me a mim e à minha filosofia. Fiz a escolha certa, não foi fácil [dizer não] porque o Real Madrid é um dos maiores clubes", recordou.

Apesar da 'nega' de 2018, a resposta pode não ser a mesma caso a oferta surja no futuro. Nagelsmann enumerou ainda algumas das razões para o 'não' dado ao Real Madrid, frisando que a mudança para o Leipzig, em 2019, foi o passo certo.

"Se me ligarem no futuro, talvez a decisão difira, mas há dois anos foi a decisão certa. Não tinha tempo para me preparar, nem tempo para aprender a língua. Não tinha muita experiência a nível internacional. "Com o Hoffenheim, só ganhámos um jogo europeu, por isso ser o próximo treinador do Real Madrid não era o passo certo. O passo de ir para o Leipzig foi o melhor para a minha carreira", notou.

O Leipzig recebe o Liverpool esta noite, em casa emprestada em Budapeste, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, a partir das 20 horas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.