Depois das críticas lançadas pelo FC Porto à arbitragem e ao Manchester City após o empate de ontem à noite, foi agora vez os 'citizens' responderem aos 'dragões' através de um porta-voz do clube. O responsável, citado pelo jornal 'Daily Mail', não se mostra surpreendido pela atitude dos portistas.

"Não é a primeira vez que o FC Porto reage mal a situações como esta. Desta vez são as críticas mal intencionadas e dirigidas a alguns jogadores e até ao nosso treinador, que rejeitamos totalmente", começou por dizer, antes de 'puxar a fita' atrás até 2012, quando o FC Porto foi multado pela UEFA devido a comportamentos racistas dos seus adeptos direcionados a Yaya Toure e Balotelli, na altura jogadores dos 'citizens'.

Ex-City responde ao FC Porto: "Racismo? Parece que a multa por terem atacado Balotelli em 2012 é apenas uma memória"
Ex-City responde ao FC Porto: "Racismo? Parece que a multa por terem atacado Balotelli em 2012 é apenas uma memória"
Ver artigo

"Em 2012, na última vez que os encontramos, foi a negação por parte do clube do comportamento racista dos seus adeptos, pelo qual foram investigados e multados. Neste contexto, esta última reação é quase tão surpreendente como dececionante", conclui.

FC Porto recorreu à newsletter Dragões Diário desta quarta-feira para deixar duras críticas aos citizens e à equipa de arbitragem do encontro, além de se referir a Bernardo Silva como um jogador "conhecido internacionalmente por ter sido condenado por racismo".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.