O Manchester United voltou às vitórias na Liga dos Campeões, numa grande noite de Bruno Fernandes, cada vez mais o líder de uma equipa dos 'Red Devils' que esta noite não deu hipóteses aos turcos do Istanbul Basaksehir, com quem havia perdido na 3.ª jornada.

O médio internacional português foi a figura da partida, ao marcar por duas vezes e ao abdicar, depois, da possibilidade de assinar um hat-trick ainda na primeira parte, cedendo a bola a Marcus Rashford na marcação de uma grande penalidade a castigar falta sofrida pelo atacante inglês.

O primeiro golo de Bruno Fernandes - e que golo (!!!) - surgiu logo à passagem do minuto 7. Um verdadeiro míssil do antigo jogador do Sporting, que apanhou a bola na perfeição no seguimento de um pontapé de canto e esta só parou no ângulo superior direito da baliza contrária.

E bastaram apenas mais 12 minutos para o 'camisola 8' do United bisar na partida, desta feita ao surgir no sítio certo à hora certa. Cruzamento da esquerda, Mert Günok, guarda-redes do Istanbul, deixou escapar a bola e esta caiu nos pés de Bruno Fernandes, que só teve de a tocar para o fundo das redes. Foi a primeira vez que o português marcou por duas vezes no mesmo jogo numa partida em Old Trafford.

Duas que podiam ter sido três pouco depois. Marcus Rashford foi derrubado na grande área dos visitantes e o árbitro, depois de consultar o VAR, confirmou a grande penalidade. Habitual marcador de penáltis do United, Bruno Fernandes podia ter aproveitado para chegar ao 'hat-trick', mas ofereceu a bola a Rashford para este bater - com êxito - o castigo máximo.

Na segunda parte, Cavani, a disputar o seu primeiro jogo como titular pelo United, podia ter dilatado a vantagem dos anfitriões logo a abrir, mas assistido por Bruno Fernandes viu o seu remate sofrer um desvio e sair ao lado.

Com uma vantagem confortável, o conjunto da casa foi baixando o ritmo e o treinador, Ole Gunnar Solskjær, aproveitou para fazer descansar alguns jogadores, entre eles Bruno Fernandes, substituído à passagem da hora de jogo. Os visitantes aproveitaram para crescer e chegaram mesmo ao tento de honra quando estavam decorridos 75 minutos de jogo, com Deniz Türüç a marcar de pé esquerdo, na transformação de um livre direto.

Mas o United acabaria por repor a vantagem em três golos, já perto do fim, com o jovem Daniel James a fixar o resultado final em 4-1 com um remate certeiro, de pé direito, após assistência do homem que entrou para o lugar de Bruno Fernandes, o inglês Mason Greenwood.

Com este resultado, o Manchester United segue na liderança do Grupo H, com nove pontos, mais três do que PSG e Leipzig, os seus mais diretos perseguidores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.