Cristiano Ronaldo reagiu pela primeira vez este sábado à eliminação da Juventus da Liga dos Campeões, depois de ter perdido a eliminatória frente ao Lyon, graças ao golo fora marcado pelos franceses.

O português admite que a época acabou mais cedo do que a 'Juve' planeada, afirmando que a equipa tem de se analisar para que se possa chamar de "um dos melhores e maiores clubes do mundo".

"A época 2019/20 acabou para nós, mais tarde que o normal mas ainda assim mais cedo do que esperávamos. Agora é tempo de reflexão, tempo para analisar os altos e baixos porque pensamento crítico é a única forma de melhorar. Um grande clube como a Juventus tem de pensar sempre como os melhores do mundo, trabalhar como os melhores do mundo, para que nos possamos chamar um dos melhores e maiores clubes do mundo", disse, através de uma publicação no Instagram.

Ronaldo realça a conquista da Serie A e os golos que apontou nesta longa época, mas que tudo isso não é suficiente para os desejos dos adeptos. O craque espera ainda que a curta pausa sirva para colocar a Juventus pronta para os objetivos da próxima época.

"Ganhar a Serie A mais uma vez num ano tão difícil é algo de que estamos orgulhosos. Pessoalmente, marcar 37 golos pela Juventus e 11 pela Seleção Nacional é algo que me faz olhar para o futuro com ambição renovada e com o desejo de continuar a fazer cada vez melhor a cada ano. Mas os adeptos pedem mais de nós. Esperam mais de nós. E temos de cumprir, temos de alcançar as mais altas expectativas. Que estas curtas férias nos permitam a todos tomar as melhores decisões para o futuro e voltar mais fortes e mais comprometidos que nunca", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.