Rúben Dias e Bernardo Silva estiveram em ação esta noite, na vitória do Manchester City sobre o Real Madrid por 4-3, na 1.ª mão das meias-finais da Champions. O médio português fez o quarto tento dos Cityzens mas sublinhou que a equipa podia ter feito mais.

Veja as melhores imagens do jogo!

"Honestamente acho que nos primeiros 20 minutos fomos muito, muito bons. A forma como pressionámos, como controlámos o jogo e criámos chances. Olhando aos 90 minutos, sinto que podíamos ter ganho por um melhor resultado. Infelizmente não conseguimos tirar partido da vantagem de dois golos que tivemos em três ocasiões. Isto é a Liga dos Campeões, jogámos contra uma das melhores equipas do Mundo. Esta ainda é um bom resultado e agora é focar no próximo jogo. Foi uma boa partida. Os nossos adeptos têm de estar orgulhosos do trabalho que fizemos. Podíamos ter marcado mais, mas isto é futebol. Eles tiveram as suas chances. O penálti veio do nada. Estávamos a controlar o jogo. Tivemos um pouco de azar", disse Bernardo Silva, à 'BT Sport'.

Já Rúben Dias lamentou os três golos sofridos e o facto de a equipa não ter aproveitado melhor as oportunidades que teve.

"O que levamos para casa? Uma vitória e o estar na frente da eliminatória, isso é o mais importante. Não estamos frustrados, mas temos noção de que podíamos ter marcado mais e sofrido menos, para ficar com uma vantagem maior, mas ainda está a nosso favor. Contudo, sabíamos que nada ia ficar decidido aqui. Ganhámos um jogo e temos de vencer outro", reconheceu.

O Manchester City adiantou-se esta terça-feira na eliminatória frente ao Real Madrid, ao receber e vencer os espanhóis por 4-3, em jogo da primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, disputado em Manchester, Inglaterra.

A formação inglesa entrou melhor no encontro e chegou aos 2-0, com golos de Kevin De Bruyne (02 minutos) e Gabriel Jesus (11), mas os 'merengues' reduziram por Karim Benzema (33). Na segunda metade, o City voltou a deter dois golos de vantagem duas vezes, com tentos de Foden (53) e Bernardo Silva (74), mas o Real reduziu sempre para a diferença mínima, através de Vinícius Júnior (55) e novamente Benzema (82), este de grande penalidade.

As duas equipas voltam a defrontar-se dentro de uma semana, no dia 04 de maio, em Madrid, com o vencedor a defrontar na final, agendada para 28 de maio, a equipa que sair da eliminatória entre os ingleses do Liverpool e os espanhóis do Villarreal que se defrntam na quarta-feira na cidade inglesa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.