O Manchester City operou, esta quarta-feira, a reviravolta em Madrid (2-1) e ganhou vantagem sobre o Real nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, enquanto o Lyon surpreendeu na receção à Juventus (1-0).

Com este triunfo, Pep Guardiola passou a ser o técnico com mais vitórias em casa do Real Madrid em todas as provas neste século. O catalão passou a ter dez triunfos no Santiago Bernabéu, deixando para trás os registos de Ernesto Valverde e Diego Simeone, ambos com nove.

Guardiola já enfrentou o Real Madrid em 18 vezes ocasiões, ao leme do Barcelona, Bayern Munique e Manchester City: soma dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com as suas equipas a marcarem 35 golos e a sofrerem 21.

Além do recorde de triunfos no terreno do Real Madrid, Guardiola passou a ser o treinador com mais triunfos na fase a eliminar da Liga dos Campeões (28), deixando para trás os registos de José Mourinho, Carlo Ancelotti e Alex Ferguson.

O Real Madrid adiantou-se no marcador aos 60 minutos, por intermédio de Isco, mas os ‘citizens’, que contaram com o internacional português Bernardo Silva no ‘onze’, deram a volta em pleno Estádio Santiago Bernabéu, à entrada para os últimos 10 minutos.

O conjunto orientado por Pep Guardiola empatou o encontro numa altura em que Bernardo Silva já tinha sido rendido por Raheem Sterling, com um tento do brasileiro Gabriel Jesus, aos 78 minutos, e consumou o triunfo numa grande penalidade convertida pelo belga Kevin de Bruyne, aos 83, depois de Daniel Carvajal ter derrubado o extremo inglês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.