O Atlético de Madrid anunciou este domingo, através de comunicado, que foram detetados dois casos positivos de COVID-19 entre os testes realizados por todos os membros do clube que iriam viajar para a capital portuguesa.

"Entre os resultados conhecidos no dia de hoje apareceram dois positivos, que se encontram nos seus respetivos domicílios e que foram de imediato comunicados às autoridades espanholas e portuguesas, à UEFA, à Real Federação Espanhola de Futebol, à Federação Portuguesa de Futebol e ao Conselho Superior do Desporto", escreveu o clube.

A deteção destes dois casos, que o clube não revelou se se tratam ou não de jogadores do plantel da equipa, obriga à alteração dos planos de viagem e treino do Atlético que agora se vê obrigado a realizar novos testes a todos os membros envolvidos na presença da equipa na 'final 8' em Lisboa.

"Foi ativado o protocolo de atuação previsto para estes casos que exige a realização de novos testes à primeira equipa e a membros da viagem a Lisboa e aos contatos mais próximos dos dois casos positivo, o que motiva alterações nos horários dos treinos, na viagem e no alojamento na capital portuguesa. O clube vai coordenar os novos horários com a UEFA e assim que exista um novo plano se tornará público. Também pede o máximo respeito pela identidade dos dois casos positivos", realçaram os 'colchoneros'.

O Atlético de Madrid tem encontro marcado com o Leipzig, na próxima quinta-feira, dia 13 de agosto, no Estádio da Luz. A equipa de João Félix vai estagiar no Benfica Campus, no Seixal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.