O vídeoárbitro veio para ficar e podia muito bem ter mudado a história do futebol. Quem pensa assim é Arsène Wenger, que acredita que a final da Liga dos Campeões de 2006 podia ser bastante diferente se existissem as novas tecnologias.

Em declarações dadas ao site do Arsenal, o treinador francês acredita que o resultado podia ser bem diferente, caso o Barcelona não tivesse marcado um golo em fora de jogo.

Quando questionado que decisões podiam ser mudadas com o vídeoárbitro, Wenger escolheu esse momento como o mais importante.

"Escolheria o golo do empate do Barcelona contra o Arsenal na final da Liga de Campeões, porque foi em fora de jogo e estávamos a ganhar por 1-0 a 30 minutos do fim. É um troféu que sinto a falta aqui", referiu o técnico.

Recorde-se que o Barcelona venceu a Liga dos Campeões em 2006, frente ao Arsenal, por 2-1, em jogo disputado no Parque dos Príncipes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.