Após a goleada imposta pela Alemanha à Itália na Liga dos Campeões, o guarda-redes italiano Donnarumma não escondeu a sua insatisfação, principalmente por ter culpa no golo que deu o 4-0 aos alemães.

"Não é a primeira vez? Quando é que errei? Com o Real Madrid? Ok, então... Se querem polémica, vamos lá. Falo em nome da equipa. Para mim, todos erramos. Se a equipa me quiser culpar, aceito as culpas. Sou o capitão, assumo as minhas responsabilidades. Continuo de cabeça erguida. Então, se querem dizer que é culpa minha, vão em frente", disse o guarda-redes do PSG, que recordou uma partida da Liga dos Campeões contra o Real Madrid e que ditou a eliminação dos franceses

"Estamos furiosos e não há desculpas. Temos de olhar para nós mesmos e mostrar que não somos isto. Realmente, não há desculpas esta noite. Sentimos falta de tudo, mas também houve um pouco de cansaço. Peço desculpa aos adeptos", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.