O avançado Iago Aspas poderá vir a ser duramente castigado, após as críticas que fez ao árbitro, depois da derrota do Celta de Vigo diante do Real Madrid. Num jogo onde o árbitro González Fuertes assinalou três grandes penalidades a favor dos merengues, o jogador não conteve a revolta no final e disse que a arbitragem favoreceu o Real Madrid.

"Só faltou ter marcado um quarto penálti para que ele mesmo [o árbitro González Fuertes] o marcasse. Parecia que queria mesmo que o Benzema marcasse um hat-trick. Para mim, o que importa é ganhar, não é merecer ganhar. Sou um ganhador, gosto de ganhar e vou chateado para casa. Jogámos bem, mas não levamos qualquer ponto", comentou, no final do jogo.

Estas palavras serão agora analisadas pelo Comitê de Integridade da Real Federação Espanhola que as deverá remeter para o Comitê da LaLiga. Se este último optar por castigar o jogador do Celta de Vigo, Iago Aspas poderá ser castigado entre quatro a 12 jogos, de acordo com o jornal 'Marca.

Garante ainda a mesma fonte que o Celta de Vigo irá contestar qualquer possível castigo ao seu jogador. O clube pede ainda que o árbitro González Fuertes não volte a ser designado para futuros jogos da equipa, por entender que o juiz não tem tido prestações aceitáveis nos últimos embates do Celta.

O Real Madrid venceu por 2-1, com golos de grande penalidade de Benzema, e cimentou a liderança da Liga Espanhola. O avançado francês teve três grandes penalidades a seu favor mas só converteu dois.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.