Quique Setién, treinador do Barcelona, contou que Nélson Semedo pediu desculpas ao treinador e a toda a equipa por ter marcado presença numa festa de aniversário onde estiveram cerca de 20 pessoas, quebrando as regras do clube e as indicações da Liga espanhola.

O técnico acrescentou que ainda não sabe se o português vai alinhar na partida contra o Maiorca, marcada para este sábado.

"Não sei mas a minha decisão não será condicionada por este descuido que teve. Trata-se de uma situação que, futebolisticamente, não vai afetar as minhas escolhas", disse Setién na antevisão à partida.

"Ele estava tremendamente preocupado, foi um descuido, ele não estava ciente que podia levar a esta situação. É óbvio que cometeu um erro. Pediu desculpa a toda a gente. Está arrependido. Não deixa de ser um equívoco, não passa disso", notou.

O internacional português tinha sido afastado do treino desta quinta-feira por precaução, depois de ter marcado presença numa festa de aniversário com cerca de 20 pessoas na última segunda-feira, violando o protocolo de ajuntamentos, que está limitado a 15 pessoas.

O episódio deu que falar na Catalunha, uma vez que o Barcelona proibiu os jogadores de conviverem com pessoas que não do seu agregado familiar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.