Ramón Calderón continua a lamentar a saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid. O antigo presidente merengue disse que a saída do português foi um "erro histórico".

"Não fez sentido nenhum, o Ronaldo dá sempre algo à equipa. Os jovens só podem aprender com ele, com a sua atitude dentro e fora do campo […] Sempre o quis na minha equipa. Mesmo coxo", disse o antigo dirigente ao site italiano 'SerieANews'.

Ainda na mesma entrevista, Calderón falou da situação de Sergio Ramos, que também pode deixar o Real Madrid este verão, a custo zero.

"Acho que ele quer ficar, embora com condições económicas que o clube não aceita. Espero que não aconteça o mesmo que se passou com o Cristiano que na Juventus já marcou 90 golos que tinham de ser nossos. Seria uma loucura deixar sair o Sérgio", comentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.