O presidente do Deportivo da Corunha, Tino Fernández, anunciou esta segunda-feira que o futebolista português Luisinho não vai rescindir com o clube galego, depois do desentendimento com o espanhol Alejandro Arribas, no treino de sábado.

“O Luisinho não vai rescindir. Tem contrato com o Deportivo e vai cumpri-lo. Ele pediu-me desculpas, aos companheiros e à equipa técnica”, explicou o presidente.

Tino Fernández garantiu que o jogador português será reintegrado no treino de hoje do clube galego e que estará à disposição do treinador Víctor Sánchez, para a receção à Real Sociedad no próximo sábado, na primeira jornada da Liga espanhola.

“Após termos falado com os capitães e treinador, chegamos à conclusão de que o jogador devia ser reintegrado. Não temos dinheiro para rescindir e o treinador não quer que o Luisinho seja colocado à venda. Cabe ao treinador decidir se é opção para jogar ou não”, concluiu Tino Fernández.

Luisinho, de 30 anos, prepara-se para cumprir a terceira época no clube da Galiza, depois de ter chegado proveniente do Benfica, na temporada 2013/2014.

No Deportivo, nas duas últimas temporadas, o defesa realizou 68 partidas, tendo apontado três golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.