Dario Silva não gostou da reação do dono do Málaga sobre o caso de extorsão que envolve o técnico andaluz. O antigo avançado uruguaio, que brilhou na formação espanhola entre 1999 e 2013, teceu duros comentários a Abdullah Al Thani, dono do clube andaluz, pela forma como tratou Víctor Sánchez del Amo, após a divulgação, nas redes sociais, de um vídeo de caráter sexual onde aparece o técnico da equipa principal.

"Não há ninguém como Al-Thani. Ele que vá trabalhar com os camelos no país dele [n.d.r. Catar]. Veio para aqui para prejudicar empresários, isso é o que mais me magoa", disse o uruguaio de 47 anos, em declarações ao programa 'El Larguero', da rádio espanhola 'Cadena Ser'.

A antiga estrela do Málaga saiu em defesa do treinador, que está suspenso, depois de aparecer num vídeo de caráter sexual.

"Mas qual é o problema com Victor? Por que motivo não se pode mostrar as b...*? Qual é o problema? Não me digam que nunca ninguém assistiu a filmes pornográficos", questionou.

Depois de o caso ter 'rebentado' em Espanha, Abdullah Al Thani, dono do Málaga, optou por criticar o treinador, decisão essa que não agradou aos adeptos.

"Ainda estamos à espera de saber quem é a pessoa que está sempre a mentir? Parece um anjo que não é capaz de admitir os erros. Só por uma vez, diz a verdade. Achas que te ajuda? Mentir a toda a gente? Sê homem e admite os erros", escreveu Abdullah Al Thani nas redes sociais, numa mensagem que visava Víctor Sánchez del Amo.

O plantel do Málaga mostrou-se solidário com o seu treinador, num momento difícil do clube, que está em zona de descida na segunda Liga Espanhola.

"Todos os jogadores do Málaga querem transmitir o total apoio ao treinador Victor Sanchéz e à família que atravessa um momento pessoal complicado. Queremos ainda deixar claro que a equipa vai continuar a trabalhar a 100%, em que circunstância for, para defender este emblema com o profissionalismo que merece. Não vamos deixar que nada, nem ninguém nos separe neste momento de dificuldade", pode ler-se num comunicado assinado pelos jogadores.

Na passada terça-feira, o Málaga anunciou a suspensão imediata do treinador Victor Sánchez na sequência do escândalo sexual em que o mesmo está envolvido.

"Tendo em conta os recentes acontecimentos, que ainda não foram verificados, o Málaga CF suspende das suas funções e de forma imediata o treinador Víctor Sánchez del Amo até que se realize uma investigação completa", escreve o clube que milita atualmente no segundo escalão do futebol espanhol.

"Quero denunciar que estou a ser alvo de um crime contra a minha intimidade, com assédio e extorsão. O assunto está nas mãos da polícia e vou seguir as suas instruções. Queto também lembrar que compartilhar ou espalhar conteúdo íntimo de alguém sem consentimento também é crime, seja por meio de redes sociais ou de qualquer outra forma estabelecida no artigo 197 do Código Penal, com penas para quem divulga conteúdo pessoal sem o consentimento da pessoa afetada", lembrou o técnico, recorrendo também às suas redes sociais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.