Após ter marcado o golo da vitória no clássico entre Barcelona e Atlético Madrid, João Félix continua nas bocas do mundo, depois de ter festejado de forma efusiva... algo que não agradou aos adeptos colchoneros.

Em declarações ao programa 'El Larguero', da Cadena SER, o porta-voz da União Internacional de Claques do Atlético de Madrid mostrou-se "bastante aborrecido" com a atitude do avançado português que está emprestado pelo Atlético ao Barcelona até ao final da temporada.

"Como estão os adeptos do Atlético? Muito zangados, para ser sincero. Não entendemos a atitude deste jogador, é um mal agradecido. Mordeu a mão que lhe deu de comer, porque continua a pertencer ao Atlético Madrid. Foi nosso jogador e quando vestiu a nossa camisola recebeu o nosso apoio", afirmou.

"Não entendemos esta atitude. Criou um ambiente hostil para quando voltar ao Metropolitano. E os adeptos não querem voltar a vê-lo com a camisola do clube, porque ele não compreende o clube, não entende os valores do clube e não merece estar neste clube", acrescentou.

O representante das claques deixou claro que o gesto de Félix não será perdoado, nem esquecido pelos adeptos colchoneros.
"Estes gestos e este festejo... Parecia que tinha conquistado um título, quando tinha marcado um golo num jogo de campeonato, que, segundo creio, é o segundo em não sei quantos jogos. Também não está a ser uma grande temporada", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.