O Atlético de Madrid sofreu hoje para vencer o Alavés, por 1-0, resultado que lhe permite subir ao segundo lugar da liga espanhola de futebol, aproveitando a derrota do Valência nesta 16.ª jornada.

‘El niño’ Fernando Torres, internacional espanhol de 33 anos, saiu do banco aos 69 e, cinco minutos depois, surgiu na área, nas costas da defesa, a desviar para o único golo do encontro, que permite aos ‘colchoneros’ serem agora o mais direto perseguidor do Barcelona, após desaire do Valência 2-1 em casa do Eibar.

O Barcelona, que no domingo recebe o Corunha, tem 39 pontos, o Atlético de Madrid 36 e o Valência 34, enquanto Real Madrid, que hoje se sagrou campeão do mundo, com 1-0 frente aos brasileiros do Grêmio, tem 31. O Alavés é antepenúltimo, com apenas 12 pontos.

Horas antes, o Valência, com o defesa Rúben Vezo no noze e o avançado Gonçalo Guedes a entrar aos 73, após ausência por lesão, mantém os 34 pontos, foi surpreendido pelo Eibar.

A derrota começou num lance em que a defesa do Valência desperdiçou várias possibilidades de alívio, permitindo que a bola chegasse ao médio japonês Takashi Inui (48) que atirou a contar.

O empate surgiu por Santi Mina (57), concluindo um lance que parece precedido de fora de jogo e que teve um defesa contrário a desviar a bola a preceito do avançado.

Já aos 87, um cruzamento da direita e cabeceamento do médio Joan Jordán, antecipando-se à defesa, garantiu os três pontos à equipa que teve Paulo Oliveira no 'onze' e Bebé no banco.

No dérbi do País Basco, Athletic Bilbau e Real Sociedad empataram-se (0-0) e perderam terreno na corrida aos lugares europeus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.