Marco Asensio regressou após 11 meses de paragem e marcou o segundo golo do Real Madrid, 30 segundos depois de entrar em campo, na vitória sobre o Valência 3-0, da 29.ª jornada da Liga espanhola de futebol.

O jovem da 'cantera' dos 'merengues' foi lançado em campo por Zinedine Zidane, aos 74 minutos, a render Federico Valverde e, 30 segundos volvidos, fez um grande golo, na sequência de uma jogada à linha de fundo do francês Ferland Mendy, que cruzou para o interior da área e Asensio, de primeira colocou o Real Madrid a vencer por 2-0.

O camisola 20 tinha-se lesionado com gravidade em julho de 2019, ao sofrer uma rotura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo numa partida particular frente ao Arsenal, da 'International Champions Cup', e teve hoje um regresso auspicioso à competição, 11 meses depois.

Além do golo que marcou, Asensio ainda fez a assistência para o terceiro golo de Karim Benzema, aos 86 minutos, também com um pormenor técnico de excelência, ao tocar com a parte exterior do pé esquerdo, de primeira, para a finalização do avançado francês.

O Real Madrid sentiu dificuldades na primeira parte para ultrapassar a organização defensiva do Valência, que chegou a ver um golo de Rodrigo, ex-avançado do Benfica, não sancionado pelo videoárbitro, aos 21 minutos, por posição irregular de um seu companheiro.

No entanto, na segunda parte, o golo de Karim Benzema, aos 61 minutos, numa jogada de contra-ataque, desbloqueou a partida e fez desmoronar o bloco defensivo que o Valência montou até aí.

De salientar a entrada em campo do internacional português Gonçalo Guedes a partir dos 59 minutos, a render o seu colega Ferran Torres.

Com este triunfo, o Real Madrid soma 62 pontos e mantém o atraso de dois em relação ao FC Barcelona, que lidera com 64, estando o Sevilha no terceiro lugar, com 51 pontos, e o Atlético Madrid, em quarto, com 49, enquanto o Valência é oitavo classificado, com 43 pontos.

No outro jogo de hoje da 29.ª jornada, o Alavés não deu hipóteses à Real Sociedad, sobre quem foi superior em todos os domínios do jogo, com os seus jogadores a jogarem subidos no terreno, a pressionarem alto e a imporem-se em quase todos os duelos físicos e individuais.

A vitória dos donos da casa por 2-0 traduz fielmente o que se passou em campo e começou a ser construída aos 56 minutos, com um golo do médio de 19 anos Borja Sainz, confirmado, ao minuto 90+6, pelo defesa Martin Aguirregabiria, que entrou a render o avançado Luís Roja, aos 90+1, para defender o 1-0 e acabou a marcar o segundo golo da partida.

Com esta derrota, a Real Sociedad, a somar ao empate em casa frente ao Osasuna no reinício do campeonato, perde terreno na luta pelos quatro primeiros lugares que dão acesso à Liga dos Campeões, estando em sexto lugar, com 47 pontos, enquanto o Alavés é 12.º, com 35.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.