Após um período de ausência, Zlatan Ibrahimovic regressou à seleção da Suécia, mas não foi capaz de a ajudar a evitar a eliminação do Mundial 2022 após uma derrota por 2-0 com a Polónia. Ainda assim, aos 40 anos o avançado do Milan garantiu que não pensa ainda na reforma nem em abandonar a sua seleção.

"Vou continuar a jogar enquanto sentir forças para isso. Já disse isso ao Janne Andersson [atual selecionador sueco], e acho que ele percebeu. Ele e todos os que aqui estiveram viram um animal diferente e ficaram contentes com isso, por isso vou prosseguir", garantiu o atacante, que frente à Polónia saltou do banco para jogar os últimos dez minutos do encontro, numa altura em que a seleção sueca perdia já por 2-0.

Zlatan soma até ao momento 121 internacionalizações pela seleção principal da Suécia. Esteve na fase final de dois Mundiais (2002 e 2006) e de quatro Campeonatos da Europa (2004, 2008, 2012 e 2016).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.