O avançado mexicano Raúl Jiménez, ex-jogador do Benfica, foi hoje eleito melhor futebolista da edição de 2019 da Gold Cup, a mais importante prova de seleções da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF).

Jiménez foi também um dos sete jogadores mexicanos que integraram o ‘onze ideal’ da Gold Cup, que o México conquistou, ao vencer na final os Estados Unidos por 1-0, em Chicago, com um golo do médio Jonathan dos Santos, que também foi incluído na melhor equipa da competição.

O ‘onze ideal’ da Gold Cup ficou completo com três futebolistas norte-americanos e o canadiano Jonathan David, melhor marcador do torneio continental, com seis golos.

Onze ideal da Gold Cup:

Guarda-redes: Guillermo Ochoa (México)
Defesas: Luis Rodriguez (México), Carlos Salcedo (México), Aaron Long (EUA) e Jesus Gallardo (México)
Médios: Michael Bradley (EUA), Andres Guardado (México) e Jonathan dos Santos (México)
Avançados: Rául Jiménez (México), Jonathan David (Canadá) e Christian Pulisic (EUA)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.