A China tem atraído inúmeros jogadores devido aos ordenados principescos pagos, mas agora a situação poderá mudar.

A Federação do país pretende impor um teto salarial, ou seja, cada jogador não auferir valores superiores a 3 milhões de euros por ano.

Contudo, a medida não vai afectar os atuais contratos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.