O treinador português Jesualdo Ferreira conseguiu, na segunda-feira, o primeiro triunfo pelo Santos, ao vencer em casa do Guarani 2-1, com um autogolo já nos descontos, em jogo da segunda jornada do campeonato paulista de futebol.

O avançado Pablo Diogo, emprestado pelo Santa Clara ao Guarani, marcou na própria baliza, aos 90+2, dando o primeiro triunfo na competição ao Santos, que se tinha estreado com um nulo na receção ao Bragantino, naquele que foi o primeiro jogo oficial de Jesualdo.

No jogo de Campinas, o Santos esteve a vencer por 1-0, com um golo de Arthur, aos 21 minutos, mas o Guarani, que viu Lucas Santos ser expulso aos 46 minutos, ainda empatou por Rafael Costa, aos 64, valendo ao ‘peixe’ o autogolo ao cair do pano.

No final da partida, o técnico irritou-se com uma pergunta sobre a intensidade do jogo do Santos em comparação com a do tempo do seu antecessor Jorge Sampaoli.

"Está a falar de Sampaoli durante um ano, eu só estou aqui há 15 dias. Não sei o que vai acontecer. A minha equipa não vai ser igual, os jogadores não são os mesmos. Vou preparar a minha equipa. Vamos jogar no nível de alguns jogos do ano passado, mas noutros a equipa terá mais dificuldades, como todas as equipas", disse o português

Ainda assim, Jesualdo Ferreira garante que não fica incomodado com as comparações com Sampaoli ou Jorge Jesus: "Não me irrita nada. Ninguém falou em Jesus ou em Sampaoli. Só é preciso respeitar todos os treinadores, ninguém é igual. Muitos treinadores que são campeões não têm os mesmos métodos."

O treinador português, de 73 anos, assinou pelo Santos em dezembro de 2019, numa carreira em que se notabilizou no FC Porto, com três títulos, e passou por Benfica, Sporting de Braga, Panathinaikos, Málaga, Sporting, Zamalek ou Al-Sadd.

No campeonato paulista, o Santos lidera o grupo A, com quatro pontos, mais um do que a Ponte Preta e o Oeste, ambos com três.

O formato de disputa do campeonato 'paulista' apresenta algumas diferenças em relação ao modelo antigo, sendo que nesta primeira fase, dividida em quatro grupos de quatro equipas, os componentes do grupo defrontam as outras 12 formações, sem se defrontarem entre si na 'poule'.

Depois da conquista no final da temporada do 'Brasileirão' e da Taça Libertadores por parte de Jorge Jesus ao serviço do Flamengo, Jesualdo Ferreira é o terceiro treinador português a orientar uma equipa nos dois principais campeonatos 'canarinhos', ficando a cargo do Santos, vice-campeão brasileiro, enquanto Augusto Inácio foi contratado pelo Avaí, que desceu à segunda divisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.