Vitor Pereira, treinador do Shanghai SIPG, afirmou que Hulk não tem o "espírito certo", depois de uma contenda com o clube poder levar a passagem do brasileiro pelos chineses a um mau final.

Pereira deixou de fora Hulk, de 34 anos, pelo segundo jogo consecutivo na derrota surpreendente por 4-0 contra o já eliminado Sydney FC na fase de grupos da AFC Champions League - a Liga dos Campeões asiática.

Isto acontece depois de uma troca de palavras entre os dois após Hulk ter sido substituído durante a derrota por 1-0 frente ao Yokohama F Marino, na passada quarta-feira, quando o brasileiro mostrou o seu desagrado com o técnico enquanto se dirigia para o túnel.

Esta terça-feira, Vítor Pereira foi franco quando questionado sobre Hulk, um talismã para o clube de Shanghai que somou 100 jogos na Superliga chinesa e capitaneou a equipa no título doméstico de 2018.

"Eu quero que os jogadores estejam com o espírito certo para jogar", disse o português depois da derrota com o Sydney. "Esta é a minha decisão (de não colocar Hulk em jogo) e é por isso que ele não está cá".

O contrato de Hulk termina no final do ano e o jogador publicou o que pareceu ser uma mensagem de despedida depois de uma época adiada pela pandemia.

O 48 vezes internacional pelo Brasil assinou pelo Shanghai em 2016, vindo do Zenit, por um valor de 55,8 milhões de euros, o recorde asiático.

Na segunda-feira, publicou uma imagem sua a treinar, nas redes sociais chinesas, com a descrição "Fisicamente estou forte, mas mentalmente estou ainda mais".

O Shanghai está na fase a eliminar da Champions asiática, que está a ser disputada numa 'bolha' em Doha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.