Um tribunal argentino determinou na última quarta-feira que o corpo de Diego Armando Maradona terá de ser conservado, não podendo ser cremado. De acordo com a Reuters, a decisão surge devido à necessidade de obter amostras do ADN do antigo craque argentino para ações de paternidade que estão em curso.

Maradona tinha cinco filhos reconhecidos e existem mais seis pedidos de filiação, o que faz antever um longo processo até uma decisão final sobre a herança de 'D10s'.

Um dos pedidos em andamento, de acordo com a Reuters, é o de Magalí Gil, de 25 anos, que afirma ter sabido que Maradona era seu pai há dois anos. A mulher pediu um estudo genético para confirmar a sua ligação ao ex-jogador, algo autorizado pelo Ministério Público argentino que pediu o envio de amostras de ADN de Maradona.

Diego Armando Maradona, um dos maiores craques da história do futebol mundial, faleceu no passado dia 25 de novembro, depois de sofrer um ataque cardíaco em sua casa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.