O futebolista dos dinamarqueses do FC Copenhaga Michael Santos foi hoje punido com três jogos de castigo pela UEFA, devido a um incidente com polícia e membros da segurança durante o jogo com os escoceses do Celtic.

A acusação disciplinar contra o avançado uruguaio, de 27 anos, por “atacar pessoas presentes no jogo” foi considerada provada, revelou a UEFA em comunicado.

Michael Santos foi também acusado pela polícia escocesa após o incidente no jogo referente aos 16 avos de final da Liga Europa, disputado na escócia a 27 de fevereiro, que a equipa dinamarquesa venceu por 3-1.

Durante a celebração do segundo golo da sua equipa, apontado por Pep Biel, o avançado correu para festejar com o seu colega junto dos adeptos e empurrou um agente da polícia que estava no local.

Um elemento da segurança do clube foi também acusado pela polícia escocesa.

Em fevereiro, o FC Copenhaga explicou que estava a aguardar para perceber se a polícia escocesa iria dar continuidade à acusação, garantindo que estava disponível para colaborar.

O jogador e o clube podem recorrer desta decisão da UEFA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.