O Saarbrucken, do quarto escalão, causou sensação na Taça da Alemanha de futebol, ao eliminar o Fortuna Dusseldorf, da I Liga, ronda em que o Bayern Munique também garantiu um lugar nas meias-finais.

A equipa dos regionais da Alemanha impôs ao Dusseldorf um empate a um golo no final do tempo regulamentar e do prolongamento, acabando por ser mais eficaz na série decisiva de penáltis, ao converter sete em 10 contra seis do seu adversário.

De resto, a equipa do Saarbrucken esteve na frente do marcador desde o minuto 31, graças a um golo de Tobias Janicke, mas, ao minuto 90, o Dusseldorf empatou e forçou o prolongamento, numa altura em que já se festejava nas bancadas a passagem da equipa amadora às meias-finais.

O golo surgiu na sequência de um pontapé de canto em que o guarda-redes do Dusseldorf, Florian Kastenmeier, subiu à área do Saarbrucken e teve ação decisiva no golo, ao cabecear a bola para o seu companheiro de equipa, Jorgensen Mathias, central dinamarquês, autor do golo que levou o jogo para prolongamento.

Neste período extra não houve golos, o que levou a decisão da eliminatória para os penáltis, com o Saarbrucken a converter sete, mais um do que o Dusseldorf, numa série de dez castigos máximos para cada lado.

No outro jogo dos quartos de final, o Bayern foi a Gelsenkirchen vencer o Schalke por 1-0, graças a um golo de Joshua Kimmich, aos 40 minutos, na sequência de um remate rasteiro e potente de fora da área após um alívio da defesa adversária, a sacudir uma bola vinda de um pontapé de canto cobrado pelo brasileiro Coutinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.