O Valência qualificou-se hoje para a terceira eliminatória da Taça do Rei de Espanha em futebol, ao vencer em casa do Yeclano, equipa da II Divisão B, por 4-1, com o último golo marcado pelo português Therry Correia.

A equipa valenciana resolveu a eliminatória em pouco mais de meia hora, com golos aos sete, nove e 34 minutos, o primeiro pelo médio sul-coreano Kang-in Lee, o segundo pelo médio sérvio Uros Racic e o terceiro pelo avançado Ruben Sobrino.

De referir que o treinador do Valência, Javier Gracia, operou uma revolução na equipa ao manter apenas um jogador no onze em relação ao jogo anterior, na receção ao Cádiz (1-1), da 17.ª jornada da liga, justamente o internacional sub-21 português, Thierry Correia.

Mesmo assim, com um onze constituído por jogadores menos utilizados, o Valência não sentiu dificuldades em levar de vencida a equipa que segue em 10º e último lugar do grupo 4 da II Divisão B (terceiro escalão), mesmo depois desta ter reduzido para 3-1 no início da segunda parte, por Oca Martinez.

Se dúvidas pudessem subsistir, Thierry Correia acabou com elas aos 53 minutos, quando efetuou um remate cruzado dentro da área fora do alcance do guarda-redes Gianni Cassaro, depois de uma assistência do seu compatriota Gonçalo Guedes, que também foi titular e jogou os 90 minutos, a ‘selar’ a vitória por 4-1.

Em outro jogo da segunda eliminatória, a equipa do Pontevedra, terceiro classificado do grupo 1 da II Divisão B, forçou o Cadiz a um prolongamento de trinta minutos ao impor um nulo no final do tempo regulamentar, resultado que não sofreu alteração e que levou a decisão para a marcação de penáltis.

O Cadiz acabou por se revelar mais competente na série final de penalidades, ao concretizar cinco contra quatro do seu adversário, mas não ganhou para o susto, apesar de ter garantido uma vaga na terceira eliminatória da prova.

Três equipas da Liga espanhola ‘caíram aos pés’ de equipas da II Divisão B, entre elas o atual líder do escalão maior, o Atlético de Madrid, de João Félix, eliminado na quarta-feira pelo modesto Cornella, atual sétimo classificado do grupo 3 da II Divisão B, que derrotou os ‘colchoneros’ por 1-0.

As outras duas foram o Getafe e o Celta de Vigo, eliminadas por Córdoba e Ibiza, que as receberam e derrotaram por 1-0 e 5-2, respetivamente, na terça-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.