Sevilha, Villarreal e Valladolid fizeram hoje valer o estatuto de equipas da I Liga espanhola de futebol e apuraram-se para terceira eliminatória da Taça do Rei perante adversários da II Divisão B (terceiro escalão).

Ao contrário do Getafe e do Celta de Vigo, que foram hoje eliminados por adversários daquele escalão, o Sevilha venceu em Linares por 2-0, o Villarreal goleou em Zamora por 4-1, e o Valladolid impôs-se com muitas dificuldades em Marbella, tendo precisado do prolongamento para seguir em frente na competição.

A equipa orientada pelo ex-treinador do FC Porto, Julen Lopetegui, que apenas manteve três jogadores (Bono, Kounde e Oliver Torres) do onze titular do último jogo frente ao Bétis, para a 17ª jornada da I Liga, venceu com um golo à beira do intervalo, pelo médio Óscar, e outro aos 47, num autogolo de Francisco Lara, médio do Linares (terceiro classificado do grupo 4 da II Divisão B).

Menos dificuldades sentiu o Villarreal para ultrapassar o Zamora, equipa que segue em quinto lugar do grupo 1 da II Divisão B, apesar do técnico Unay Emery ter trocado dez jogadores em relação ao onze que defrontou e venceu o Levante por 2-1, na 17ª jornada da I Liga.

O único jogador que repetiu a titularidade foi o médio Yeremi Pino, mas o Villarreal, que possui um ‘banco’ com muitas soluções, venceu com naturalidade, com golos de Carlos Bacca (31 minutos), Yeremi Pino (43), Fer Nino (73) e Raba (88), com o Zamora a marcar o seu golo aos 45+2, por Carlos Ramos.

Já o Valladolid, que foi forçado a disputar o prolongamento ao sofrer o 2-2 já em período de compensações, aos 90+1, pelo médio do Marbella, o panamiano Gudino Lopez, esteve duas vezes na frente do marcador, que inaugurou aos 52 minutos, por Kuki Zalazar, deixando-se empatar aos 60, graças a um golo do médio Esteban Granero, para voltar a adiantar-se aos 74, por Óscar Plano, de penálti, jogador que acabaria por desbloquear a eliminatória para o Valladolid, aos 110 minutos, ao marcar o terceiro golo.

Noutro jogo de hoje da segunda eliminatória da Taça do Rei, enfrentaram-se duas equipas da II Liga, o Alcorcon e o Saragoça, 20º e 21º classificados, com 19 e 17 pontos, respetivamente, com a primeira a ‘carimbar o passaporte’ para a terceira eliminatória.

O Saragoça adiantou-se no marcador logo aos quatro minutos pelo avançado brasileiro Rui Oliveira, mas o Alcorcon acabou por operar a reviravolta ao empatar aos 43, pelo médio Ernesto Gomez, e ao marcar o golo decisivo aos 89, pelo central José León, evitando o prolongamento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.