A equipa do Farense, onde milita o internacional cabo-verdiano Patrick Fernandes, vai subir à primeira divisão por decisão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O Farense, ocupava a segunda posição do campeonato da segunda divisão com  48 pontos, menos dois que o Nacional, à data da interrupção das competições devido à pandemia da COVID-19.

O organismo que rege o futebol profissional em Portugal explica que se viu “constrangida a decidir sobre a suspensão definitiva da LigaPro, tendo estabilizado a classificação final da competição segundo os critérios de mérito desportivo recomendados pela FIFA, pela UEFA e pela FPF” algo que ditou este desfecho.

Desta forma, o Nacional volta ao principal escalão do futebol nacional um ano depois de ter descido, enquanto que o Farense volta a estar entre os grandes 18 anos depois da última presença.

Aos 26 anos, e com uma internacionalização pela seleção de Cabo Verde, Patrick vai voltar à  primeira liga portuguesa, depois na época passada ter representado o Tondela.

O jogador, que há três anos jogava no Boavista da Praia, representou ainda o Oliveirense, em 2016/17, onde em 27 jogos marcou 22 golos e tem ainda passagem por Felgueiras e Tondela.

Na sua passagem pelo Felgueiras marcou 15 golos em 24 partidas, o que lhe valeu a transferência para o Tondela, onde marcou dois golos em 12 jogos.

Até a paralização da competição,  Patrick Fernandes fez sete jogos e marcou um golo ao serviço do Farense.

O jogador estreou-se na seleção cabo-verdiana no dia 03 de Junho de 2018 no triunfo sobre a Andorra, nas grandes penalidades, depois de um empate a zero durante o tempo regulamentar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.