Malcom, jogador do Zenit, foi nomeado pelos adeptos do clube russo como o jogador do mês de março, sendo que teria um troféu para receber graças a essa eleição.

Contudo, o isolamento social a que milhões estão sujeitos não é exceção na Rússia, pelo que o clube teve de recorrer à imaginação, à originalidade e à tecnologia para colocar o troféu a voar para casa da Malcom.

Sim, voar sem aspas, porque o Zenit recorreu a um drone para levar o prémio diretamente à casa do jogador brasileiro.

No final, Malcom agradeceu aos adeptos e deixou o apelo: "Fiquem em casa, é importante".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.