O treinador da equipa de juniores do FC Porto, Mário Silva, que hoje conquistou o título português de futebol do escalão, apelidou a época da equipa como "de sonho".

"Só vamos dar o real valor amanhã quando acordarmos. Foi uma época de sonho. Conseguir ganhar duas competições, uma europeia, com o grau de dificuldade que tem, e uma nacional com a categoria dos adversários que tivemos. Foi a vitória do acreditar e da coragem. Os jogadores nunca atiraram a toalha ao chão, nunca baixaram o nível e o ritmo. Sempre trabalharam, sempre acreditaram. Foi uma época de sonho para todos nós. E provavelmente irrepetível. Melhor é impossível, mas fazer igual vai ser muito difícil", afirmou Mário Silva, após o encontro com o Sporting de Braga.

Sobre o futuro, e a continuidade no FC Porto, clube com quem tem mais uma época de contrato, Mário Silva colocou muitas dúvidas.

"Em relação a mim é sensação de dever cumprido. Faço o meu trabalho tentando ser melhor a cada dia, tentando a cima de tudo ajudar os jogadores a crescer. O futuro não sei. Vamos deixar passar os festejos e vamos falar entre nós", frisou.

O avançado Fábio Silva também enalteceu a "época perfeita" da equipa de sub-19 do FC Porto.

"Foi perfeita, com altos e baixos. Mas em qualquer equipa isso é benéfico, para crescer. A equipa está de parabéns porque fez um esforço enorme durante a época", disse o jogador, de 16 anos.

Em relação ao futuro, Fábio Silva admitiu que não sabe o que vai acontecer.

"Agora é desfrutar nas férias e o futuro a deus pertence. Estou contente com a época que fiz. Mais uma vez fui o melhor marcador da competição. Estou contente e vou desfrutar com a família e os amigos", disse ainda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.