O árbitro internacional português Luís Godinho vai desempenhar funções de vídeoárbitro (VAR) no Mundial de futebol de sub-17, que se disputa em outubro e novembro, no Brasil, divulgou hoje o núcleo do qual é presidente.

"O Núcleo de Árbitros de Futebol da Zona dos Mármores (NAFZM) 'Prof. Jorge Pombo' felicita o nosso associado e presidente por esta nomeação, desejando que tudo decorra da melhor forma nesta representação da arbitragem portuguesa numa grande competição mundial", congratulou-se o núcleo, em comunicado.

Natural de Borba, Luís Godinho, de 33 anos, que pertence ao quadro de árbitros da Associação de Futebol de Évora (AFE), foi nomeado pelo Comité de Arbitragem da FIFA e é o único português na competição de entre uma vasta lista de árbitros de todo o mundo.

Segundo o sítio da FIFA, foram nomeadas 20 equipas de árbitros, cinco árbitros auxiliares e 17 VAR para o campeonato do Mundo de futebol de sub-17 Brasil2019, em representação das seis confederações filiadas no organismo.

O Mundial será disputado entre 26 de outubro e 17 novembro, nas cidades brasileiras de Gama, Goiânia e Cariacica, estando a final marcada para o Estádio Bezerrão, em Gama.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.