O ex-futebolista internacional português Vítor Baía vai apadrinhar no sábado, em Vila Nova de Gaia, a realização de um jogo de solidariedade pelas vítimas da passagem do ciclone Idai em Moçambique, anunciou hoje a organização.

"O Colégio Cedros aceitou o desafio da Harambee África International e vai acolher o Jogo Harambee por Moçambique, um jogo de estrelas para a ajuda de emergência a Moçambique, após a passagem do ciclone Idai", indica, em comunicado, a Harambee África International, instituição vocacionada para a ajuda humanitária no continente africano.

A iniciativa, que tem início às 11:00, no Colégio Cedros, em Vila Nova de Gaia, vai contar com os antigos internacionais lusos Bosingwa, Deco, Hélder Postiga, Nélson e Tulipa e pretende doar 10 euros por cada golo marcado, que serão posteriormente entregues ao fundo de emergência internacional da Cáritas.

O balanço provisório da passagem do ciclone Idai é de 557 mortos, dos quais 242 em Moçambique, 259 no Zimbabué e 56 no Maláui.

O ciclone afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países africanos e a área submersa em Moçambique é de cerca de 1.300 quilómetros quadrados, segundo estimativas de organizações internacionais.

A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março, e a ONU alertou que 400.000 pessoas desalojadas necessitam de ajuda urgente, avaliada em mais de 40 milhões de dólares (mais de 35 milhões de euros).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.