Testes positivos de COVID-19 motivaram hoje o adiamento de dois jogos das competições europeias de futebol, elevando assim para seis os encontros protelados devido à pandemia.

Cinco casos na equipa bósnia do Zeljeznicar levaram o ministério da Saúde de Israel a cancelar o jogo com o Macabbi Haifa, enquanto o desafio entre o Nomme Kalju, da Estónia, e o Mura, da Eslovénia, contou com um jogador infetado em cada equipa.

Em Israel, os clubes uniram-se numa declaração dando conta de que a partida foi adiada por indicação do ministério da Saúde, após o quinteto de atletas ter dado positivo na quarta-feira nos exames obrigatórios antes dos desafios.

O Zeljeznicar revelou que os seus atletas não evidenciaram qualquer sintoma e que a equipa ficou confinada no hotel à espera de indicações da UEFA quanto aos procedimentos a seguir.

Durante a pandemia, a UEFA estabeleceu regras que dão às autoridades públicas locais poderes para gerir casos e impedir que os jogos se realizem: depois, o organismo define a nova data.

O conjunto bósnio revelou, posteriormente, que a UEFA não tomou uma decisão, pelo que espera voar para Sarajevo num voo hoje mesmo.

A UEFA confirmou a não realização do encontro, contudo não deu mais detalhes sobre datas ou outras questões. Nos casos anteriores, ‘ordenou’ a três equipas que desistam sem jogar.

Os regulamentos da Liga Europa adaptados à pandemia estabeleceram como prazo limite o dia 12 de setembro para jogar a primeira eliminatória, disputada a uma só mão.

Face à pandemia, vários estádios neutros revelaram-se disponíveis quando um país não pode acolher um jogo: até ao momento, as equipas visitantes viajam desde o Kosovo, Eslováquia e Bósnia-Herzegovina.

Entre os quatro jogos anteriores afetados, a UEFA decidiu que três clubes abandonassem a competição, perdendo por 3-0.

Dois clubes retirados das pré-eliminatórias da Liga dos Campeões - Slovan Bratislava da Eslováquia e Drita do Kosovo - apelaram das decisões da UEFA para o Tribunal Arbitral do Desporto, que rejeitou os pedidos de uma decisão urgente.

Outro clube do Kosovo, o Gjilani, pôde jogar quatro dias depois do encontro da Liga Europa em San Marino ter sido adiado: o Gjilani venceu o Tre Penne por 3-1 no sábado e agora vai receber os cipriotas do APOEL.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.