Começou por ser um espaço privilegiado de gaming na Cidade do Rock, mas o sucesso da Arena Worten Game Ring mereceu transformar-se num evento próprio para os fãs de videojogos e outras atividades de entretenimento relacionadas. Assim nasceu a Worten Game City, instalada na Cordoaria Nacional durante o próximo fim-de-semana de 31 de maio a 2 de junho. Ao todo são 30 horas, nos três dias de evento, num espaço de 5.000 metros quadrados, divididos em 10 áreas de atividades, com a capacidade para 15.000 pessoas. O evento passará a integrar um calendário anual alternado com o Rock in Rio, neste caso o Worten Game City será realizado nos anos ímpares.

Segundo Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, “a relevância do gaming para a indústria de entretenimento já é inquestionável. Falamos de um mercado que faturou mais de 134 mil milhões de dólares em 2018, e que tem já mais de 2,2 mil milhões de consumidores, gamers”. Anteriormente em entrevista ao SAPO Desporto, este conceito começou no Rock in Rio em 2017, no Rio de Janeiro, onde passaram 300.000 pessoas pelas áreas dedicadas aos videojogos. “Ali concretizou-se definitivamente uma ideia que já vinha de trás, e que deu origem ao GameXP, que é o maior evento de gaming da América Latina e que agora acontece todos os anos no Rio de Janeiro, e estamos a trazer essa ideia para Portugal (e outras áreas da Cidade do Rock), para complementar o calendário e fazer um Rock in Rio “Non Stop”, ou seja, dar vida própria aos conteúdos introduzidos no festival principal.

A organização estima que a arena de gaming introduzida no Rock in Rio Lisboa, em 2018, a arena Worten Game Ring, tenha recebido mais de 30.000 pessoas durante o período do festival. O objetivo da organização da nova cidade do gaming é democratizar o acesso ao universo dos videojogos, oferecendo atividades para todos os visitantes, sejam eles jogadores profissionais ou amadores, mas também as famílias, fãs de videojogos ou curiosos pelo entretenimento.

Atividades para toda a família

Focado nos jogadores old school, o evento irá oferecer a área Retro Gaming, que promete uma viagem ao passado pelo mundo dos videojogos. O espaço promete oferecer computadores e consolas antigas, como o Spectrum, Commodore Amiga, Sega Megadrive ou SNES, mas também máquinas de arcade, muito populares nos anos 1980.

A organização não pretende apenas que os visitantes testem e experimentem videojogos, mas também que sejam feitas atividades físicas inspiradas nas atividades lúdicas. Exemplo disso é a área de Laser Tag, um experiência com a promessa única de adrenalina e emoção, transportando os visitantes para “uma outra galáxia e dimensão”, refere o comunicado. Esta será uma das experiências da Offline Boulevard, a área onde os videojogos “ganham vida”, mas existem outras como o Footlab, em que os visitantes vão testar a sua pontaria nos remates à baliza.

Pode optar por escalar uma parede ou participar em saltos e trampolins com a Vibe Tribe da Bounce. Outra experiência que se espera concorrida é a Dark Room, que oferece experiências tanto de realidade virtual como realidade aumentada.

Claro que falar em Rock in Rio sem mencionar música não é possível, e por isso o espaço Garage Stage vai oferecer aos visitantes uma experiência de rock star por alguns momentos, seja a cantar, tocar bateria ou interpretar um solo de guitarra para uma curiosa plateia de visitantes. Também dedicado à música, o espaço Mega Hits Live Stage promete concertos ao longo dos três dias, com a presença confirmada de artistas como Piruka, Supa Squad, Paulo Sousa, April Ivy, Van Breda, Rizzo, Domi, Enoque, Light Gun Fire, Gamiix e RNG Major. E no palco Just Dance os fãs dos Youtubers mais famosos de Portugal poderão ter acesso a meet & greets com Windoh e Angie (no dia 31 de maio) e Wuant e Owhana (2 de junho).

worten game city

Voltando à oferta de jogos, a área Try and Play será provavelmente das mais concorridas, já que pretende oferecer demos de títulos recentes lançados no mercado, ou mesmo outros que estão para chegar em breve. A PlayStation irá estar presente com alguns dos seus exclusivos, incluindo o mais recente título de realidade virtual Blood & Truth, mas também outros títulos VR como Astro Bot Rescue Mission e Everybody’s Golf. Outros exclusivos de renome presentes são Days Gone, God of War, Marvel’s Spider-Man, Shadow of the Colossus, Horizon: Zero Dawn, Gran Turismo Sport e Knack 2. O jogo de combate Mortal Kombat 11 também estará disponível no espaço PlayStation.

A Nintendo também vai estar presente com diferentes atividades, incluindo a oportunidade de os visitantes experimentarem o novo Kit LABO VR para experiências de realidade virtual. Na bagagem a Nintendo leva ainda Mario Tennis Aces, Super Mario Party, Mario Kart 8 Deluxe, assim como os mais recentes títulos da série Pokémon. A fabricante nipónica promete ainda a presença física de Super Mario no recinto para “distribuir sorrisos”.

Por fim a Microsoft irá ter no seu espaço consolas Xbox One X a debitar títulos como Forza Horizon 4, Devil May Cry 5, Mortal Kombat 11, Pro Evolution Soccer 2019, assim como Resident Evil 2.

Certamente que os mais novos vão arrastar os seus pais e provavelmente estes não serão muito fãs de videojogos. A pensar nos adultos, o evento irá ter a Beer Garden, que como o nome indica permitirá refrescar os visitantes sénior com uma cervejinha, assim como a área de restauração que recebeu o nome de Power Up.

A vertente competitiva não será esquecida e foi criada a arena Temple Worten Game Ring, onde irão decorrer diferentes torneios e embates de estrelas em jogos como FIFA, CS: GO, League of Legends e Fortnite. O SAPO Desporto reuniu toda a informação relativa aos torneios, partidas, com os horários, jogadores e equipas envolvidas, que poderá ler em outro artigo.

Tal como em qualquer grande evento dedicado aos videojogos, o Cosplay foi incentivado pela organização. Uma oportunidade de os visitantes vestirem-se a rigor para encarnar as suas personagens favoritas e participarem no concurso com prémios. Sejam videojogos, séries ou filmes, “o céu será o limite” para os cosplayers, destaca a organização.

A Magicshot, parceira do Rock in Rio, será responsável por dinamizar diversos espaços do evento, fazendo ponte para outras atividades, tais como jogos de tabuleiro e cartas (Catan: Game of Thrones e Yu-Gi-Oh! TCG), com prémios atribuídos pela Devir. A Hasbro também leva para a Cidade dos Videojogos uma versão especial do Monopólio edição Fortnite, assim como o famoso Cluedo, Game of Life e até o Quem é Quem.

Roberta Medina confirmou que a relação entre a Worten Gaming e o Rock in Rio será “non-stop”, o que significa que todos os anos, seja nos eventos próprios da Worten Game City ou no Rock in Rio-Lisboa, os fãs dos videojogos poderão contar com espaços dedicados. Até porque a Worten “agarra-se” ao resultado do estudo da ESA (Entertainment Software Association) de que 67% dos pais joga com os seus filhos, pelo menos uma vez por semana, com a empresa a acreditar estar perante um “fenómeno agregador de massas e gerações”.

O mercado de gaming em Portugal vale atualmente 250 milhões de euros, que parece uma “gota no oceano” nos números globais (120 mil milhões de euros em 2018), mas que representam um crescimento muito acentuado da indústria nacional.

Os bilhetes para o Worten Game City estão à venda, em exclusivo, nas lojas Worten e no website Worten.pt, em diferentes opções: o bilhete diário é 17 euros, o pack de família (dois adultos e duas crianças) custa 43 euros, e a entrada diária para crianças e jovens entre os três e 11 anos é de 9 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.