Até bem há pouco tempo os eSports eram vistos como uma atividade de nicho, ligada a jovens que passam horas frente ao computador ou consolas para se tornarem bons a jogar e a participar em torneios. Mas embora já existam atletas e equipas profissionais há muitos anos, a competir internacionalmente a grande nível, enchendo arenas com espetadores como muitos desportos físicos não o conseguem fazer, ainda é difícil chegar a certas mentalidades da sociedade. Pelo menos até que fenómenos como o Fortnite tornem milionários jovens de 16 anos, “da noite para o dia”. O jovem "Bugha", vencedor dos 3 milhões de dólares pela vitória chegou mesmo a ser entrevistado no famoso programa The Late Show With Jimmy Fallon, contribuindo para desmistificar o tal “vício” dos jovens passarem horas a fio a jogar.

O certo é que há cada vez mais adesão aos eSports e há empresas a apostar nos desportos eletrónicos com o intuito de os tornarem mainstream. Veja-se, por exemplo, o canal de televisão CBS, que acaba de assegurar a transmissão dos Campeonatos do Mundo da Nintendo, já a partir do dia 25 de agosto, incluindo os torneios de Super Mario Maker 2, Splatoon 2 e Super Smash Bros. Ultimate que decorreram em junho. Uma prova que mesmo em indeferido, há interesse no conteúdo relacionado aos desportos eletrónicos, como avança a Engadget. A CBS irá depois nos dias 7 e 14 de setembro transmitir mais conteúdos.

E a CBS não é o único canal a adicionar à sua grelha conteúdos de eSports. A rede de canais da Disney, nomeadamente a ABC, ESPN e outros canais da Disney haviam garantido a transmissão da Liga Overwatch, espalhados pelos diversos canais de streaming da network.

Com a aposta da Disney nos eSports, a sua subsidiária, a Marvel Entertainment, a chamada “Casa das Ideias”, teve mesmo a ideia de estabelecer uma parceria com a Team Liquid (Legue of Legends) para merchandising cruzado. Basicamente os membros da equipa participaram nos torneios com equipamentos inspirados no Capitão América e Homem de Ferro para promover o mais recente Avengers: Endgame, segundo a Esports Observer. A Marvel estará mesmo a patrocinar a equipa San Francisco Shock, pertencente à NGR Esports, para a Liga Overwatch da temporada 2019.

Team Liquid - Marvel  Captain America
Team Liquid - Marvel Captain America

Ainda no que diz respeito ao cruzamento dos eSports com a cultura popular, até os Simpsons tiveram um episódio dedicado aos desportos eletrónicos chamado “E My Sports” apresentando um videojogo MOBA ficional chamado “Conflict of Enemies” e a Riot Games, o estúdio de League of Legends, serviu como consultor para que as personagens espelhassem com assertividade o ambiente deste “mundo competitivo".

E por falar em LoL, a marca de batatas fritas Pringles está a desenvolver uma campanha na Europa com a oferta de códigos para um sorteio diário para ganhar skins exclusivas no jogo. E esta promoção toma proporções avassaladoras quando essas skins são raras, pois já foram retiradas do jogo. São 84 skins únicas, a serem sorteadas duas por dia até ao próximo dia 26 de setembro. Mas os fãs necessita de ter muita sorte, pois foram fabricadas umas 115 milhões de latas das Pringles para abastecer a Europa…

Mas a promoção não se fica por aqui, há dois vencedores felizardos da promoção da Pringles que vão poder visitar o estúdio LEC Studio, em Berlim em fevereiro de 2020, para ver toda a organização e os bastidores, assim como conhecer os casters do torneio LEC Summer Finals, que este ano acontece em Atenas, nos dias 7 e 8 de setembro.

E o principal patrocinador do famoso torneio de League of Legends? Os cereais Lion, da Nestlé…

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.