O País de Gales conquistou hoje o seu sexto título do torneio das Seis Nações, após a derrota da França frente à Escócia por 27-23, em Paris, em partida em atraso da terceira jornada da competição.

Os ‘bleus’ precisavam de vencer com quatro ensaios e por mais de 21 pontos de diferença para igualar os galeses no primeiro lugar e vencer o torneio pela diferença de pontos marcados e sofridos, mas acabaram surpreendentemente derrotados e no segundo lugar.

A equipa de Fabien Galthié tinha negado ao País de Gales, na semana passada, o título e o sexto Grand Slam desde a entrada da Itália no antigo Cinco Nações, ao vencer por 32-30 com dois ensaios ‘tardios’ que não fizeram mais do que adiar a festa galesa.

Foi o segundo título em três anos para o País de Gales, que vive uma autêntica ‘montanha-russa’ depois de, em 2020, no ano de estreia do neozelandês Wayne Pivac, ter terminado a competição no quinto lugar, apenas à frente da Itália.

Menos de um ano volvido, os triunfos por 21-16 sobre a Irlanda (em casa), 25-24 na Escócia, 40-24 com a Inglaterra (casa) e 48-7 em Itália permitiram a reconquista do título, apesar do tal desaire (32-30) em Paris.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.