Os Europeus de Lisboa, que vão disputar-se na Altice Arena, foram antecipados em duas semanas, para o período entre 16 e 18 de abril de 2021, confirmou hoje à Lusa a União Europeia de Judo (EJU).

Os Europeus estavam agendados entre 30 de abril e 02 de maio, período muito próximo da data prevista para o Grand Slam de Paris, um dos maiores torneios do judo mundial, calendarizado normalmente em fevereiro, mas que em 2021 se deverá realizar em maio.

Portugal organizou pela primeira e única vez um Europeu de judo em 2008, com o Pavilhão Atlântico a receber a competição, na qual a seleção lusa conquistou o seu maior número de medalhas na prova continental, com um total de quatro.

João Neto conquistou a medalha de ouro, e Portugal teve ainda as medalhas de bronze de Pedro Dias, Ana Hormigo, atual selecionadora, e Yahima Ramirez, num evento em que a grande ausente foi Telma Monteiro, a recuperar de uma lesão num joelho.

No próximo ano, os Europeus pontuam para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, adiados para 2021 devido à pandemia da covid-19, e no ‘ranking’ estão para já em posição elegível Catarina Costa (-48 kg), Joana Ramos (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Bárbara Timo (-70 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg), Rochele Nunes (+78 kg), Anri Egutidze (-81 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

Nos últimos Europeus, disputados em novembro, em Praga, Telma Monteiro foi medalha de prata, e Jorge Fonseca e Rochele Nunes conquistaram as medalhas de bronze, mas apenas poderão contar os pontos de uma das provas continentais, aquela em que os judocas tiverem melhores resultados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto