A seleção portuguesa de basquetebol terminou hoje a terceira fase de qualificação para o Campeonato do Mundo 2023 sem triunfos, ao somar a sexta derrota, em outros tantos jogos, na receção ao Montenegro, por 62-77.

Se Portugal já estava matematicamente eliminado e jogava pela ‘honra’, Montenegro, apesar da qualificação para a próxima fase de apuramento, sabia que todos os pontos acumulavam para cumprirem o objetivo de estarem presentes na fase final do evento.

Desta forma, a turma de Mário Gomes encerrou o Grupo E com seis pontos – um por cada desaire -, enquanto Montenegro somou 10, atrás da líder França (11), enquanto a Hungria acabou na terceira posição, que também dá acesso à fase seguinte, com nove.

Apesar da derrota, Miguel Queiroz foi o melhor marcador do encontro, com 17 pontos, superando Aleksa Ilic, com 14, Petar Popovic e Nikola Ivanovic, ambos com 13 pontos.

A seleção montenegrina arrancou ‘com tudo’ no encontro e, com dois parciais a abrir de 0-7 cada um, estendeu logo uma vantagem confortável a abrir, até aos 5-16, que, contudo, Portugal quase recuperou, a reduzir para 14-16 com nove pontos seguidos.

Essa variância marcou o primeiro período, concluído com 14-19 para Montenegro, que voltou a entrar muito melhor no segundo quarto, desta vez sem reação por parte dos lusos, chegados ao intervalo já com uma desvantagem de 15 pontos, fixada em 30-45.

Para o reatamento estava reservado uma ligeira reação portuguesa, que estagnou nos oito pontos de diferença, sendo que, na parte final do período, e numa fase em que o selecionador Mário Gomes foi expulso por protestos, Montenegro aproveitou as várias perdas de bola, através da pressão exercida, para resgatar a distância pontual (51-66).

Alcançado o derradeiro período, sem que Portugal desse provas de que poderia ainda ameaçar o triunfo dos forasteiros, seis pontos seguidos ainda alimentaram esperanças (59-66), mas a energia terminou e Montenegro sentenciou a partida de forma clara e inequívoca, com um parcial de 0-11, concluindo o encontro, em Odivelas, com 62-77.

Jogo realizado no Pavilhão Multiusos de Odivelas, em Odivelas.

Portugal - Montenegro, 62-77.

Ao intervalo: 30-45.

Sob a arbitragem de Saverio Lanzarini e Beniamino Manuel Attard (Itália) e de Mehmet Sahin (Turquia), as equipas alinharam e marcaram:

Portugal: Francisco Amarante, Diogo Brito (8), Rafael Lisboa (8), Ricardo Monteiro (8) e Miguel Queiroz (17). Jogaram ainda Diogo Ventura (9), José Barbosa (1), Daniel Relvão (8), Gonçalo Delgado, Diogo Araújo (3), João Guerreiro e Pedro Bastos.

Selecionador: Mário Gomes.

- Montenegro: Nikola Ivanovic (13), Zoran Nikolic (11), Petar Popovic (13), Jonah Radebaugh (6) e Radosav Spasojevic (4). Jogaram ainda Aleksa Ilic (14), Nemanja Radovic (11), Vladimir Mihailovic (5), Nikola Pavlicevic, Fedor Zugic, Vasilije Bacovic e Igor Drobnjak.

Selecionador: Bosko Radovic.

Marcha do marcador: 14-19 (primeiro período), 30-45 (intervalo), 51-66 (terceiro período) e 62-77 (resultado final).

Assistência: Cerca de 750 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.