O campeão de Tóquio2020, nascido há 26 anos no Texas, de mãe italiana e pai norte-americano, sucede assim ao lendário jamaicano Usain Bolt, o campeão das três edições anteriores.

Com a prata ficou o norte-americano Fred Kerley (9,84) e com o bronze o canadiano Andre de Grasse (9,89).

Jacobs, que não era apontado como favorito, é o primeiro europeu campeão no hectómetro olímpico desde 1992, ano do sucesso do britânico Linford Christie.

Os Estados Unidos, que já estavam privados do campeão do Mundo, Christian Coleman, por três ausências ao controlo antidoping, ficaram nas semifinais sem o principal favorito e líder da época, Trayvon Bromell.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.