O Brasil qualificou-se hoje pela terceira vez consecutiva para a final do torneio olímpico de futebol, ao vencer o México por 4-1, no desempate por grandes penalidades, após o ‘nulo’ no prolongamento da meia-final de Tóquio2020.

Em Kashima, os campeões olímpicos em título não desperdiçaram qualquer pontapé da marca dos 11 metros, através de Daniel Alves, Martinelli, Bruno Guimarães e Reinier, enquanto os mexicanos só marcaram por intermédio de Carlos Rodríguez, já depois de Eduardo Aguirre e Johan Vazquez terem falhado os respetivos remates.

A seleção brasileira garantiu, assim, a quinta final olímpica da história, depois de Los Angeles1984, Seul1988, Londres2012 e Rio2016, e acabou por ‘vingar’ a decisão de há nove anos, na capital inglesa, que encerrou com um triunfo dos mexicanos.

Ainda hoje, Japão e Espanha jogam pela outra vaga na final, em Saitama.

A final do torneio olímpico de futebol masculino joga-se no sábado, às 12:00 (em Lisboa), em Yokohama, enquanto o jogo de atribuição da medalha de bronze está agendado para sexta-feira, em Saitama, às 12:30.

Devido à pandemia de covid-19, a 29.ª edição dos Jogos Olímpicos de verão foi adiada para este ano, decorrendo até 08 de agosto, em Tóquio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.