A Assembleia Plenária do Comité Olímpico de Portugal (COP) foi hoje interrompida e posteriormente suspensa devido a uma indisposição do presidente, José Manuel Constantino, que foi transportado ao hospital para ser observado, informou o organismo.

“A Assembleia Plenária do Comité Olímpico de Portugal (COP) para discutir e votar o Relatório da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, o Plano de Atividades e Orçamento para 2022 e a tramitação das eleições para os órgãos sociais do COP foi suspensa”, pode ler-se no curto comunicado do COP, que indica ainda que José Manuel Constantino foi levado “ao hospital para ser observado”.

O presidente do Comité Olímpico de Portugal sofreu, em 18 de novembro, um AVC “muito ligeiro”, mas “sem qualquer sequela”, explicou, então, à Lusa fonte do organismo.

Segundo a mesma fonte, Constantino foi assistido nas urgências, ficando hospitalizado no Hospital Santa Maria, em Lisboa, com os exames a detetarem “um muito ligeiro AVC”.

O ocorrido não trouxe “qualquer sequela” e o dirigente, que foi posteriormente transferido para o Hospital Pulido Valente, também em Lisboa, ficou internado sob observação durante o fim de semana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.