O Benfica joga esta tarde na ‘final 8’ da Youth League, em Nyon, na Suíça, frente ao Dínamo Zagreb, da Croácia, em partida dos quartos de final da prova, interrompida em março devido à COVID-19 e entretanto retomada.

As 'águias' procuram suceder ao FC Porto, vencedor da competição na temporada passada, e conquistarem assim pela primeira vez título que já por duas vezes lhes fugiu na final, em 2014 e 2017.

O avançado Gonçalo Ramos deu conta da ambição 'encarnada'. "Estamos a falar de uma das competições com maior projeção e visibilidade. Para o clube também é importante porque nunca venceu. Temos isso em mente e vamos atrás do objetivo", afirmou o jogador, que deixou os treinos da equipa principal para ajudar os sub-19,  em declarações à BTV.

Gonçalo Ramos confia, pois, na passagem às meias-finais. "Estamos mais motivados do que nunca. Este é o momento por que esperávamos e trabalhámos para estar aqui. O Dínamo é uma equipa muito forte e perigosa. Precisamos de ter atenção, mas vamos jogar para ganhar", sublinhou.

Também o treinador, Luís Castro, deu conta da sua confiança, apesar de alertar para a valia do adversário. "O Dínamo é forte, já deixou pelo caminho o Manchester City e o Bayern Munique. É preciso cautela, mas temos qualidade para passar. É uma espécie de final e estamos confiantes", garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.