Benfica e SC Braga medem forças este domingo numa inédita final da Taça de Portugal que está marcada para este domingo (20h30), em Coimbra.

Os bracarense tentam obter a sua terceira vitória na história na competição, depois do triunfo frente ao FC Porto em 2015/16, após um 2-2 no final do prolongamento. A estreia a vencer a prova rainha teve lugar em em 1965/66 no Jamor, numa final frente ao Vitória de Setúbal.

Já o Benfica é a formação que mais Taças de Portugal tem no seu palmarés, cerca de 26: A última das quais conquistada em 2016/17 frente ao V. Guimarães: Triunfo por 2-1.

Histórico dos confrontos

SC Braga e Benfica encontraram-se em 150 ocasiões em todas as competições, com os encarnados a imporem-se com um domínio avassalador ao somarem 98 vitórias, contra 21 vitórias dos arsenalistas. Saldam-se ainda 30 empates dos confrontos entre as duas equipas. Os encarnados marcaram ainda 348 golos, conta 130 dos apontados pelo emblema bracarense.

Contudo, as últimas quatro ocasiões em que os dois emblemas mediram forças tiveram um sabor agridoce para as águias. Três vitórias para os bracarenses e um para o Benfica. Na jornada 21, em 19/20, com Rúben Amorim no comando, o SC Braga impôs-se com uma vitória por 1-0, com um golo do agora campeão nacional João Palhinha. Esta época, já com Carlos Carvalhal no banco, os encarnados voltaram a levar a melhor por 3-2, com golos de Iuri Medeiros (38´) e Francisco Moura (50´ e 63´). Haris Seferovic marcou os golos do Benfica (68´) e (86´). Na segunda volta, os encarnados foram ao Municipal de Braga vencer por 2-0, com golos de Rafa Silva e Haris Seferovic.

Momento de forma

A final da Taça de Portugal não chega num bom momento para o emblema bracarense, já que o final do campeonato acabou por ser sofrível para a equipa orientada por Carlos Carvalhal. Nos últimos seis jogos do campeonato, o SC Braga somou duas derrotas (frente a Sporting e Marítimo), empatou frente a Gil Vicente e Paços de Ferreira, voltou aos triunfos frente ao Moreirense, mas acabou por fechar a Liga com um empate frente ao Portimonense (0-0).

O Benfica por outro lado arrancou para um final de temporada retumbante só travado pelo empate na Luz frente ao FC Porto (1-1). Na penúltima jornada, os encarnados bateram mesmo o campeão nacional Sporting (4-3) e concluíram a Liga com um triunfo em Guimarães por 4-3.

Veja a classificação geral

Nos últimos 15 jogos, após a derrota frente ao Arsenal para a Liga Europa, as águias somaram 13 vitórias, uma derrota frente ao Gil Vicente e um empate frente ao FC Porto.

Baixas no Benfica

Lucas Veríssimo lesionou-se em Guimarães na partida frente ao Vitória e é baixa de peso na equipa de Jorge Jesus no esquema de três defesas para a final frente o SC Braga. Na partida frente aos vimaranenses, Vertonghen entrou para o lugar do brasileiro e juntou-se a Otamendi e ao jovem Morato.

O que dizem os treinadores

Jorge Jesus: "São duas equipas que jogam a olhar para a frente. Têm, na sua ideia de jogo, qualidade ofensiva, coletiva e individual dos seus jogadores. Dois treinadores a olhar para o jogo à procura do golo e isso normalmente origina que os espetáculos saiam favorecidos".

Carlos Carvalhal: "As dificuldades que vamos encontrar são inerentes ao facto de jogar com uma equipa de elevada capacidade, muito boa, muito forte. Com um bom treinador, grandes jogadores, convocados para grandes seleções, etc. Mas as dificuldades do Benfica também vão ser grandes e estamos apostados em criar essas dificuldades ao Benfica, como fizemos durante a época. Gostamos destes jogos, no acesso às decisões estivemos sempre contra equipas muito boas. Demos sempre um passo em frente nas meias-finais, quer da Taça da Liga, quer da Taça de Portugal. Queremos terminar com a cereja do topo do bolo e vencer a Taça, que é o nosso grande objetivo".

Arbitragem

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta sexta-feira a equipa de arbitragem para a final da Taça de Portugal, entre Benfica e SC Braga.

Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve, será o árbitro da partida, que se joga no Estádio Cidade de Coimbra.

O árbitro de 45 anos apitou jogos do Benfica em quatro ocasiões (vs. Moreirense, Gil Vicente, Vitória SC e Rio Ave) na presente época. Apito também três encontros do SC Braga (vs. Tondela, Paços de Ferreira e Rio Ave).

O Benfica e o SC Braga defrontam-se pelas 20h30 de domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, numa inédita final da 81.ª edição da Taça de Portugal em futebol, que será disputada à porta fechada, devido à pandemia da covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.