O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo, que deixou a Juventus para representar o Manchester United, despediu-se hoje do “melhor clube” de Itália, recordando as “grandes conquistas e a bela história escrita” ao longo de três épocas.

“Hoje parto de um clube incrível, o maior de Itália e com certeza um dos maiores de toda a Europa. Eu dei meu coração e alma pela Juventus e sempre amarei a cidade de Turim até meus últimos dias”, escreveu o avançado, de 36 anos, na rede social Instagram.

Na mensagem de despedida, publicada pouco depois dos ‘red devils’ anunciarem a contratação do capitão da seleção das ‘quinas’, os adeptos da ‘juve’ não foram esquecidos.

“Os “tiffosi bianconeri” sempre me respeitaram e tentei agradecer esse respeito lutando por eles em todos os jogos, em todas as épocas, em todas as competições. No final, todos podemos olhar para trás e perceber que conquistamos grandes coisas, não tudo o que queríamos, mas, ainda assim, escrevemos uma bela história juntos”, concluiu.

Cristiano Ronaldo, de 36 anos, vai regressar a Inglaterra e ao Manchester United, no qual alinhou entre 2003 e 2009, tendo conquistado uma Liga dos Campeões, três campeonatos, um Mundial de Clubes, uma Taça de Inglaterra, duas Taças da Liga inglesa e uma Supertaça.

Seguiu-se a experiência na Juventus, desde 2018, tendo vencido dois campeonatos, uma Taça de Itália e duas Supertaças italianas.

No emblema de Old Trafford, ao serviço do qual Cristiano Ronaldo marcou 118 golos em 292 jogos, o avançado vai encontrar os internacionais portugueses Bruno Fernandes e Diogo Dalot.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.