O Nápoles recebeu e goleou hoje a lanterna-vermelha Salernitana, por 4-1, em encontro da 23.ª jornada da Liga italiana de futebol, e ascendeu, provisoriamente, ao segundo posto da prova.

No Estádio Diego Armando Maradona, o brasileiro Juan Jesus, aos 17 minutos, o belga Dries Mertens (45+3) na conversão de um penálti, o kosovar Amir Rrahmani (47) e Lorenzo Insigne (53), também da marca do castigo máximo, construíram o triunfo justo para o conjunto napolitano, que contou com o português Mário Rui entre os titulares.

O melhor que a Salernitana conseguiu fazer foi marcar por intermédio de Federico Bonazzoli (33), ainda no primeiro tempo, um golo insuficiente para ajudar a tirar a equipa visitante, que terminou o desafio reduzida a 10 elementos, da cauda da tabela, com apenas 10 pontos.

Já os locais sobem, à condição, ao segundo posto, com 49, ficando a quatro do líder isolado Inter Milão, mas podem ver o AC Milan, terceiro, com menos um, recuperar a vice-liderança, em caso de triunfo sobre a Juventus.

Um remate certeiro do avançado Daniele Verde permitiu ao Spezia bater a Sampdoria (16.ª classificada, com 20) e somar o terceiro triunfo seguido na Serie A, passando a contabilizar 25 pontos, no 14.º posto.

Em sentido inverno, a ‘Samp’, que hoje viu o médio Albin Ekdal ir mais cedo para os balneários, devido a expulsão, vive um mau momento na prova, face aos seis jogos consecutivos sem vencer.

No primeiro desafio do dia, Cagliari e Fiorentina empataram a um golo, com João Pedro, aos 47, a inaugurar o marcador para a equipa da Sardenha, 18.ª, com 17, e Riccardo Sottil (75) a anotar o tento do conjunto de Florença (sexta, com 36).

O encontro na Sardenha Arena ficou marcado pelas duas grandes penalidades desperdiçadas para ambos os lados. O defesa Biraghi, logo aos oito minutos, não conseguiu adiantar a Fiorentina e, já no segundo tempo, o marcador dos anfitriões podia ter ‘bisado’, aos 68, mas permitiu a defesa, quando o adversário já jogava reduzido, face à expulsão de Odriozola.

O mesmo desfecho teve o duelo entre o Torino e Sassuolo, um resultado que mantém os dois emblemas confortáveis na classificação, no 10.º e 11º lugares, com 32 e 29 pontos, respetivamente.

Ainda hoje, a partir das 17:00, a Roma, treinada por José Mourinho, desloca-se a Empoli, antes do AC Milan medir forças, em San Siro, com a Juventus, pelas 19:45.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.