Esta semana, Renato Paiva deixou o comando técnico do Benfica B para orientar o Independiente del Valle, equipa da Liga equatoriana. Em entrevista ao jornal O Jogo, o treinador justificou a saída.

"Foi uma vida inteira no Benfica, cresci aqui muito ao nível profissional e pessoal, com jogadores, técnicos, dirigentes, adversários. Todos me ajudaram a ser quem sou. Mas precisava de me desafiar, de voltar a ganhar títulos e, na equipa B, era quase impossível ser campeão. É bom poder entrar no futebol de resultados, tinha isso também como um objetivo pessoal. Fiz o meu caminho a pulso no Benfica, um caminho sustentado e senti que este era o momento de sair ao fim de 16 anos. Foi um percurso fantástico num clube fantástico", admitiu Renato Paiva.

O técnico de 50 anos deixa o Benfica depois de 15 anos ligado ao clube encarnados, após percurso nos sub16, sub17 e sub19.

Renato Paiva orientava a equipa B desde janeiro de 2019, altura em que Bruno Lage foi promovido à equipa principal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.